Bem-vindo, visitante ( Entrar | Registrar )

  Rating ---

468 Páginas V < 1 2 3 4 > » 
entry Jul 12 2019, 09:28 PM
Grupo americano HIG Capital compra Nadir Figueiredo por R$ 836 milhões

* por Aluísio Alves | Reuters

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo norte-americano de private equity HIG Capital comprou a centenária fabricante de produtos de vidro Nadir Figueiredo por R$ 836,27 milhões, informou a empresa brasileira nesta sexta-feira.

Em fato relevante, a Nadir Figueiredo afirmou que a venda foi aprovada por acionistas detentores de 97,67% do capital. A compra será feita por meio da Flamengo Participações, controlada pela HIG Capital.

"O objetivo da compradora com a operação é a diversificação do seu portfólio de negócios na América Latina", afirmou a Nadir Figueiredo no documento.

Fundada em 1912 inicialmente como uma oficina de máquinas de escrever, a Nadir Figueiredo criadora dos famosos copos americanos fabrica produtos de vidro desde 1935.

entry Jul 11 2019, 10:03 PM
BM empresta US$ 500 milhões à Argentina para estimular crescimento inclusivo

* por EFE

Washington, 11 jul. (EFE).- O Banco Mundial (BM) aprovou nesta quinta-feira um empréstimo de US$ 500 milhões para apoiar a Argentina no processo de recuperação econômica, a fim de promover um crescimento inclusivo liderado pelo setor privado.

Este empréstimo, segundo um comunicado da organização, faz parte de uma ajuda orçamentária de US$ 1 bilhão cuja primeira metade foi repassada em novembro de 2018.

"O projeto acompanha a implementação de políticas públicas que promovem o crescimento inclusivo e contribuem para proteger os mais vulneráveis, com dois objetivos centrais: consolidar as bases para o crescimento liderado pelo setor privado e fortalecer as redes de proteção social e a igualdade da política tributária", afirmou o Banco Mundial em comunicado.

O diretor do BM para Argentina, Paraguai e Uruguai, Jesko Hentschel, explicou que esta ajuda financeira tem o objetivo de "proteger as famílias mais vulneráveis, diminuir os impactos inflacionários ao manter o poder aquisitivo de programas sociais e de continuar apoiando os esforços de oferecer serviços de saúde de maneira equitativa".

Além disso, o programa do BM pretende contribuir para o clima de negócios da Argentina através de medidas que "melhoram a concorrência, diminuem as barreiras ao comércio, facilitam o registro de novas empresas, fomentam o desenvolvimento dos mercados de capital e promovem a investimento privado em energias renováveis".

Outras áreas prioritárias do projeto, de acordo ao BM, são o fortalecimento da transparência e a promoção de políticas de integridade nas empresas.

O empréstimo aprovado hoje tem prazo de 32 anos para ser quitado e conta com um período de carência de 7 anos.

entry Jul 10 2019, 09:15 PM
Libra do Facebook levanta “sérias preocupações”, diz Powell

* por Forbes
com Reuters

O chairman do Federal Reserve, Jerome Powell, disse hoje (10) que o plano do Facebook de lançar uma moeda digital chamada libra levanta “sérias preocupações” que merecem uma profunda revisão regulatória.

“A libra levanta preocupações sérias em relação à privacidade, lavagem de dinheiro, proteção ao consumidor e estabilidade financeira”, disse ele em um depoimento perante o Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Deputados.

“Essas são preocupações que devem ser abordadas completa e publicamente”.

Powell disse que qualquer revisão regulamentar do projeto recém-anunciado deve ser “paciente e cuidadosa”, e espera que o Conselho de Supervisão da Estabilidade Financeira dos EUA, um painel de reguladores financeiros, também revise a ideia.

Ele também disse que apoia a inovação financeira desde que riscos apropriados sejam identificados.

entry Jul 9 2019, 09:11 PM
BCE está pronto para prover estímulos, diz economista-chefe

* por Francesco Canepa | Reuters

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu está pronto para agir e tem as ferramentas necessárias para manter a inflação no caminho da meta de pouco menos de 2%, disse seu economista-chefe nesta terça-feira.

"Estamos preparados e prontos para agir, se necessário, para manter a inflação no caminho certo", disse Philip Lane em resposta a perguntas no Twitter.

"Certamente temos as ferramentas e temos um bom desempenho registro em responder a várias fontes de riscos ", acrescentou.

entry Jul 8 2019, 09:22 PM
Eurogrupo nega pedido do novo governo da Grécia de alívio na questão orçamentária

* por Victor Rezende | Estadão | São Paulo

O Eurogrupo, que abarca os ministros de Finanças dos países da zona do euro, rejeitou abertamente pedidos do novo governo da Grécia para aliviar as condições orçamentárias acordadas entre as duas partes como parte do programa de resgate. Em Bruxelas, os ministros afirmaram que os principais objetivos firmados com a Grécia não serão alterados. "Compromissos são compromissos e, se os quebrarmos, a credibilidade é a primeira coisa a desmoronar. Isso geral falta de confiança e investimentos", disse o presidente do Eurogrupo, Mario Centeno, após a reunião.

O novo primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, foi empossado nesta segunda-feira, um dia depois de sua vitória eleitoral, em uma campanha que prometeu cortes de impostos e renegociação dos termos do pacote de resgate com credores internacionais. A Grécia encerrou o seu terceiro resgate internacional consecutivo no ano passado. Como parte desses acordos, o país se comprometeu a alcançar superávits orçamentários, o que pesou nos gastos do governo e dificultou a recuperação da economia grega.

Centeno comentou, após o fim da reunião, que a discussão sobre a Grécia foi "relativamente curta" e se disse ansioso para trabalhar "construtivamente" com o novo governo, que será comandado pelos conservadores. "Discutiremos mais amplamente as intenções políticas do novo governo grego no futuro", escreveu Centeno em comunicado.

entry Jul 7 2019, 09:27 PM
Deutsche Bank cortará 18.000 vagas em reestruturação de € 7,4 bi

* por Forbes
com Reuters

O Deutsche Bank planeja cortar 18.000 postos de trabalho em uma reestruturação de € 7,4 bilhões projetada para resolver os problemas do banco alemão.

O plano representa um grande recuo do Deutsch Bank no mercado financeiro, após anos tentando competir como uma força importante de Wall Street.

O banco abandonará seu negócio global de ações e reduzirá seu banco de investimentos. Espera prejuízo líquido de € 2,8 bilhões no segundo trimestre, resultado dos custos de reestruturação.

Além dos cortes esperados no negócio de ações, o Deutsche disse que também cortará algumas operações de renda fixa, área tradicionalmente considerada um dos pontos fortes do banco.

entry Jul 6 2019, 08:58 PM
Toyota fornecerá tecnologia de células de combustível a hidrogênio para montadoras chinesas

* por Por Norihiko Shirouzu | Reuters

PEQUIM (Reuters) - A Toyota fornecerá as principais peças de células de combustível de hidrogênio para as montadoras chinesas FAW e Higer Bus, enquanto tenta promover a tecnologia que vê como superior à de veículos movidos por baterias.

A Toyota aposta que a medida ajudará a impulsionar a rápida adoção da tecnologia de células de combustível na China. Os carros de células de combustível usam células que combinam eletroquimicamente o hidrogênio com o oxigênio para gerar eletricidade, sendo a água o único subproduto.

“A Toyota espera cooperar com mais montadoras chinesas de veículos comerciais”, disse a empresa nesta sexta-feira, para “promover a aplicação e a popularização dos veículos com célula de combustível a hidrogênio (FCV) na China”.

A montadora japonesa fornecerá componentes de células de combustível às chinesas FAW e Higer Bus, com a Shanghai Re-Fire Technology atuando como fornecedora local.

A Re-Fire integrará os sistemas e desenvolverá a tecnologia de transmissão de células de combustível que as montadoras chinesas podem usar para fabricar ônibus movidos a hidrogênio, disseram empregados da Toyota à Reuters.

A Toyota havia anunciado em abril que começou a fornecer peças de células de combustível para as montadoras chinesas Beiqi Foton e Beijing SinoHytec.

entry Jul 5 2019, 09:47 PM
FMI aprova novo desembolso de US$ 5,4 bi de empréstimo da Argentina

* por AFP

Washington, 5 Jul 2019 (AFP) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) alcançou, nesta sexta-feira, um acordo com a Argentina que libera um desembolso de US$ 5,4 bilhões, parte do crédito para estabilizar a economia do país.

"As autoridades concluíram todos seus objetivos fiscais, monetários e de gasto social no âmbito do programa respaldado pelo FMI no contexto desta revisão", disse o diretor-gerente interino do Fundo, David Lipton, em um comunicado.

entry Jul 4 2019, 08:56 PM
IBM e bancos australianos testarão uso de blockchain no varejo

* por Forbes
com Reuters

Os três maiores bancos australianos disseram que testarão uma nova plataforma de garantia bancária para lojistas que usa um banco de dados compartilhado, alegando que o projeto marcará o primeiro uso mundial de tecnologia blockchain para processar finanças de varejo.

O Commonwealth Bank da Austrália, Westpac Banking e o Banking Group da Austrália e Nova Zelândia estão se associando com o proprietário do shopping Westfield, o Scentre Group, para testar o uso do software da IBM para processar contratos de financiamento na mesma rede.

Os varejistas usam garantias, normalmente emitidas manualmente e em papel, para assegurar que o proprietário – a Scentre, neste caso – possa pagar o aluguel independentemente das vendas. Os bancos responsáveis pelo teste acreditam que mudar para blockchain pode reduzir o tempo de processamento de um mês para um dia e reduzir o risco de fraudes.

Embora o projeto seja um teste, ele representa um passo em direção a bancos e clientes que adotam o blockchain, um conceito descentralizado de manutenção de registros conhecido por hospedar pagamentos em criptomoedas, mas ainda confinado a experimentos no mundo dos negócios convencionais.

“Com base em algumas questões e feedback que tivemos através de outras instituições financeiras e também da rede da IBM, esta é a primeira”, disse Nigel Dobson, diretor de banco digital da ANZ, por telefone hoje (4).

“É para um caso de uso relativamente restrito, mas o escopo para expandir o conjunto de produtos que pode ser armazenado e mantido, gerenciado e protegido na rede é bastante significativo, mesmo além das garantias (bancárias)”.

entry Jul 3 2019, 09:35 PM
Chinesa Trina Solar quer fatia de até 30% no mercado brasileiro de paineis solares

* por Luciano Costa | Reuters
edição de Marta Nogueira

SÃO PAULO (Reuters) - A chinesa Trina Solar, uma das maiores fabricantes de painéis fotovoltaicos do mundo, está de olho no potencial do Brasil para geração solar, com uma meta de atingir participação de até 30% no mercado do país, disse o diretor-geral da companhia para a América Latina e Caribe, Álvaro García-Maltrás.

Apesar de ter características amplamente favoráveis à tecnologia, o Brasil começou investimentos massivos em energia solar apenas nesta década, com um primeiro leilão para viabilizar projetos da fonte apenas em 2014.

O país possui atualmente cerca de 2,1 gigawatts em usinas solares, cerca de 1,27% da matriz elétrica, além de cerca de 900 megawatts em sistemas solares de menor porte, conhecidos como geração distribuída, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), com a maior parte das instalações utilizando placas importadas da China.

"Não necessariamente queremos ser a (empresa) que mais vende. Queremos estar sempre no 'top 3'... não que não gostemos de volumes grandes. Mas, para ser mais concreto, um 'market share' de 20% a 30% é nosso objetivo", disse Maltrás a jornalistas, em coletiva de imprensa online realizada pela Trina.

Para perseguir essa meta, a chinesa pretende fornecer tanto para os projetos menores, de geração distribuída, como para as usinas de grande porte, geralmente viabilizadas após licitações do governo federal, segundo ele.

Na área de geração distribuída, a estratégia da Trina para o Brasil envolve uma parceria com a empresa local Aldo Solar, do Paraná, que atua com a distribuição de equipamentos para esses projetos solares de menor porte.

A Aldo, que vende equipamentos para revendedores e instaladores que atendem clientes finais, deverá ajudar a Trina a escoar seus produtos no mercado brasileiro de geração distribuída, ainda fortemente pulverizado, segundo os termos da parceria, anunciada oficialmente nesta quarta-feira.

"Pelas dimensões do nosso mercado, pela distância que temos da China, a proposta é que a Aldo se torne um 'hub' da Trina Solar no mercado brasileiro. Ela vai manter um estoque e atender todo o mercado", afirmou o presidente da empresa paranaense, Aldo Teixeira.

No ano passado, a Aldo atendeu 13 mil clientes, um número que deverá saltar para 16 mil neste ano, acrescentou ele.

Os primeiros paineis da Trina para comercialização no âmbito da parceria já foram embarcados, em 20 contêineres que deverão chegar ao Brasil na terceira semana de julho.

"Serão 75 mil painéis, ou 30 megawatts de potência. E para o quarto trimestre já estamos planejando, já tem uma projeção de 50 megawatts (a serem importados)", afirmou Teixeira.

Ele disse que os paineis chegarão pelo porto de Paranaguá e serão montados em uma fábrica da Aldo em Maringá (PR) para a comercialização no Brasil.

A associação entre as duas empresas, no entanto, será restrita aos negócios em geração distribuída, uma vez que a Aldo não atua com fornecimento para grandes usinas, que também estão no radar da Trina.

A fabricante chinesa aposta também em uma tecnologia diferenciada para ganhar espaço no Brasil, com paineis monocristalinos, que segundo a empresa são mais eficientes que os policristalinos, bastante utilizados no país.

Além da Trina, outras fabricantes têm disputado o mercado brasileiro de energia solar, como a canadense Canadian Solar e as também chinesas BYD, JA Solar e Jinko Solar.

468 Páginas V < 1 2 3 4 > »   
DSTQQSS
23
24
25
26
27
28
29
30
31




IPS Driver Error  

There appears to be an error with the database.
You can try to refresh the page by clicking here.

Error Returned

We apologise for any inconvenience