Bem-vindo, visitante ( Entrar | Registrar )

  Rating ---

Entries on Tuesday 4th June 2019

entry Jun 4 2019, 09:22 PM
Renault decide continuar avaliando proposta de fusão da Fiat Chrysler

* por EFE

Paris, 4 jun (EFE).- O conselho de administração da Renault anunciou nesta terça-feira que decidiu continuar avaliando a proposta de fusão feita pela Fiat Chrysler.

"O conselho decidiu continuar estudando com interesse a oportunidade de tal aproximação e prolongar as conversas sobre esse tema. O órgão voltará a se reunir amanhã", disse a Renault em nota.

A possível fusão entre Fiat e Renault promoveria uma reviravolta no setor automobilístico. Unidas, as duas empresas seriam líderes mundiais em volume de vendas, com 15,5 milhões de veículos comercializados por ano.

No último dia 30 de maio, o conselho de administração da Renault já tinha antecipado o desejo de "estudar com interesse" a possibilidade dessa fusão. Para a empresa, a parceria com a Fiat a reforçaria industrialmente e contribuiria na aliança com Nissan e Mitsubishi.

A desconfiança das duas montadoras japonesas sobre o negócio, no entanto, é um dos fatores que o grupo francês avaliará melhor.

O presidente e diretor-executivo da Nissan Motor, Hiroto Saikawa, disse ontem que, embora a fusão tenha o potencial de criar novas oportunidades de negócio, seria obrigado a tentar revisar o acordo com a Renault porque a estrutura da companhia francesa seria "significativamente alterada" após a conclusão do negócio.

A Renault controla 43% da Nissan, enquanto o grupo japonês tem 15% das ações da aliança francesa, sem direito a voto. Já a Mitsubishi detém 34% dos papéis da Renault.

As relações entre as três montadoras estão em uma fase particularmente delicada desde novembro do ano passado, quando o brasileiro Carlos Ghosn, diretor-executivo da Renault e da Nissan, foi preso no Japão.

A Renault também deverá levar em consideração a opinião do governo da França, que controla 15% das ações da empresa e quer, entre outras coisas, garantias de que os empregos no país e as fábricas em funcionamento no país serão mantidos.

A proposta da Fiat Chrysler prevê que a empresa que surgir após a fusão tenha como domicílio a Holanda, um país neutro, mas, sobretudo, bastante favorável em termos fiscais.

A decisão de dar sequência à negociação deve ser tomada amanhã. Caso o conselho de administração da Renault opte por negociar a fusão, as empresas assinarão um memorando de entendimento para marcar o início formal das discussões sobre a parceria.

 




IPS Driver Error  

There appears to be an error with the database.
You can try to refresh the page by clicking here.

Error Returned

We apologise for any inconvenience