Bem-vindo, visitante ( Entrar | Registrar )

  Rating ---

Entries on Monday 6th September 2021

entry Sep 6 2021, 09:56 PM
Mais de R$ 3,5 bilhões em ethereum já foram queimados após atualização

* por Decrypt

A quantidade de Ethereum queimada pelo EIP-1559, uma atualização recentemente implementada que queima as taxas de transação que costumavam ir para os mineradores, ultrapassou 200.000 ETH (cerca de US$ 675 milhões no preço da época da queima).

Um total de 204.281,8 ETH foi queimado, no valor de US$ 682 milhões, de acordo com a ethburned.info.

Pelas taxas atuais, cerca de US$ 1,2 milhão em ETH, ou 300 ETH, são queimados a cada hora. Até agora, 4.877 ETH foram queimados. No sábado (4), a rede queimou 10.675 ETH e na sexta-feira (3) queimou 13.839 ETH.

EIP-1559 foi introduzido no início de agosto como uma forma de acelerar a atualização para Ethereum 2.0, a versão de próxima geração do Ethereum que faz a transição do blockchain de prova de trabalho, uma forma computacionalmente intensiva de verificar transações, para prova de aposta , um algoritmo ecológico que usa muito menos energia.

Para fazer isso, o EIP-1559 destrói o ETH de circulação em vez de pagá-lo aos mineradores que validam as transações por meio de cálculos de prova de trabalho. A mudança para o EIP-1559 não foi popular entre os mineradores que gastaram dinheiro em placas gráficas que são adeptas da mineração de Ethereum.

Caminho do Ethereum 2.0
Ethereum irá “fundir-se” com a versão prova de aposta de seu blockchain no final deste ano ou no início de 2022. No entanto, levará alguns anos antes que o Ethereum 2.0 tenha a mesma funcionalidade de contratos inteligentes que Ethereum 1.0.

Um efeito colateral previsto do EIP-1559 era que as taxas seriam reduzidas, ou pelo menos se tornariam mais previsíveis. No entanto, as taxas do Ethereum ainda estão muito altas — e estão ficando mais altas devido ao contínuo ressurgimento de projetos NFT.

No momento em que este texto foi escrito, uma única troca no Uniswap custava US$ 76,31 e uma transferência ERC-20 custava US$ 24,8. O maior consumidor de gás é o mercado NFT OpenSea, que usou 11,65% de todo o gás na rede Ethereum nas últimas 3 horas e 15% no dia anterior.

entry Sep 6 2021, 09:54 PM
Na Índia, milhares protestam contra novas leis agrícolas

* por AFP

Muzaffarnagar, Índia, 5 Set 2021 (AFP) - Dezenas de milhares de agricultores indianos se reuniram perto de Nova Delhi neste domingo (5) para exigir a abolição de novas leis que, segundo eles, ameaçam os pequenos produtores.

"Agricultores, trabalhadores, unidade!", gritavam os manifestantes, usando lenços verdes e amarelos - símbolos da colheita e dos campos de mostarda - e agitando bandeiras da Índia e de sindicatos de agricultores.

Os manifestantes, reunidos em Muzaffarnagar, no estado de Uttar Pradesh (nordeste), eram cerca de 50 mil, segundo um fotógrafo da AFP no local.

Desde o final de novembro, esses agricultores se manifestam nas estradas que levam a Nova Delhi, em um movimento que representa um dos maiores desafios para o governo do primeiro-ministro Narendra Modi desde que ele assumiu o poder em 2014.

Os manifestantes permanecem firmes em sua intenção de protestar até que o governo revogue as novas leis agrícolas. Eles convocaram uma greve nacional em 27 de setembro.

"Nós, agricultores, não somos o tipo de pessoa desanimada. Trabalhamos dia e noite, faça chuva ou faça sol. Não cederemos até que as leis sejam revogadas", disse um dos manifestantes, o advogado Amit Chaudhary Jr., filho de um agricultor, à AFP.

As reformas votadas em setembro de 2020 autorizam os agricultores a vender seus produtos para compradores de sua escolha, e não em mercados controlados pelo Estado que garantem um preço mínimo para alguns produtos.

Muitos agricultores acreditam que essa liberalização de preços os forçará a vender seus produtos mais baratos para grandes empresas.

Várias tentativas de negociação com as autoridades foram realizadas, mas sempre falharam.

 
DSTQQSS
5
26
27
28
29
30