Bem-vindo, visitante ( Entrar | Registrar )

  Rating ---

546 Páginas V < 1 2 3 4 > » 
entry Sep 15 2021, 09:47 PM
Adobe entra no negócio de pagamentos de e-commerce em desafio à Shopify

* por Stephen Nellis | Reuters | San Francisco

(Reuters) – A Adobe afirmou nesta quarta-feira que acrescentará serviços de pagamento às suas plataformas de e-commerce neste ano para ajudar lojistas a aceitarem cartões de crédito e outras formas de pagamento, aprofundando a rivalidade com a empresa de e-commerce Shopify.

A Adobe começou a fornecer software para ajudar varejistas com suas lojas online em 2018, quando comprou a Magento Commerce da empresa de private equity Permira por 1,68 bilhão de dólares.

A Adobe lançará o novo sistema até dezembro nos Estados Unidos e usará o PayPal para processar pagamentos como de cartões de crédito e débito, além das próprias ofertas de pagamento do PayPal.

Até agora, clientes de e-commerce da Adobe têm que ter seus próprios sistemas de pagamento. Isso funciona para empresas maiores, que podem negociar com adquirentes, mas a Adobe queria um serviço mais simples para lojistas menores, disse o diretor de estratégia comercial da Adobe Peter Sheldon, à Reuters.

“O que eles estão procurando é simplicidade de operações e ter todos seus relatórios e reconciliações em uma única ferramenta”, afirmou Sheldon.

Pagamentos são parte do negócio de e-commerce. Em 2020, mais de dois terços dos 2,93 bilhões de receitas da Shopify vieram do segmento de serviços a lojistas, incluindo pagamentos.

O passo da Adobe acontece após uma parceria com a FedEx no começo do ano que ajuda lojistas a administrarem o envio de mercadorias e serviços de logística.

O movimento “é similar à da Shopify em algumas maneiras, mas também está apenas tentando monetizar porções diferentes do que um vendedor precisa fazer para vender online”, disse Jordan Jewell, diretor de pesquisa para comércio digital no IDC.

A Adobe disse que planeja expandir para locais como Canadá, Austrália e Leste Europeu em 2022. Sheldon disse à Reuters que o acordo de processamento com o PayPal não é exclusivo, e, à medida em que se expande globalmente após 2022, pode trabalhar com outros processadores.

entry Sep 14 2021, 11:15 PM
Rede da Solana (SOL) fica fora do ar por sobrecarga de transações e preço cai 6%

* por Decrypt

A Solana, uma rede blockchain rival do Ethereum cuja criptomoeda nativa aumentou de preço e atividade nos últimos meses, está fora do ar há cerca de quase quatro. Como consequência seu preço registra queda de quase 6%, segundo dados do Coinmarketcap.

Detalhes da Solscan mostram que o último bloco produzido na rede Solana foi produzido pouco antes das 9h da manhã (horário de Brasília). A conta oficial do suporte Solana no Twitter inicialmente tuitou que a rede mainnet-beta estava “passando por instabilidade intermitente”.

“O esgotamento de recursos na rede está causando uma negação de serviço, os engenheiros estão trabalhando em uma resolução”, escreveu a conta em uma atualização posterior. “Os validadores estão se preparando para um possível reinício, se necessário.”

O CEO da Solana Labs, Anatoly Yakovenko, disse aos validadores da rede que é “hora do beta” e implorou que eles se juntassem ao servidor oficial da Solana no Discord, aparentemente para coordenar uma potencial resposta ao problema.

A origem do problema
Em uma resposta a um usuário do Twitter, Yakovenko disse que o problema se deve ao enorme volume de transações de bots durante uma oferta inicial de exchange descentralizada, ou IDO, realizado por um projeto hospedado na rede.

Um IDO é um tipo de venda pública de tokens, semelhante a um ICO, mas acontece em uma exchange descentralizada em vez de uma plataforma centralizada.

O IDO em questão estava ocorrendo na DEX Raydium, baseado em Solana, que seria o equivalente a Uniswap no Ethereum. O IDO lançado parece ser para o Grape Protocol, um kit de ferramentas popular para aplicativos DeFi da Solana (aplicativos de empréstimo e trade P2P), além de projetos NFT.

De acordo com Yakovenko, os bots estavam “inundando a rede” com 300 mil transações por segundo, congestionando as filas de transações da Solana. Quando um usuário respondeu pedindo a Solana para não permitir o lançamento de IDOs no futuro, Yakovenko rebateu: “Não, só precisamos consertar os bugs. Faz parte da vida”.

Em outro tweet, Yakovenko escreveu que alguns dos problemas de hoje já estavam sendo resolvidos, mas que a atualização do software que conta com as melhorias ainda não está disponível.

Solana fora do ar
A súbita inatividade da rede gerou muita confusão na comunidade, principalmente entre aqueles usuários que tentam usar a rede blockchain para transacionar fundos, interagir com protocolos DeFi, ou comprar e vender NFT colecionáveis. Os usuários do Solana nos servidores do Discord e nas redes sociais relataram falhas de transação, e vários projetos NFT adiaram lançamentos e snapshots para airdrops.

A Solana costuma ser considerada uma alternativa mais escalonável para o Ethereum — capaz de lidar com um número milhares de vezes maior de transações por segundo, tudo isso usando menos energia graças ao seu design de rede de prova de participação.

SOL, a criptomoeda nativa da rede, teve uma grande valorização recentemente, subindo de US$ 35 em 1º de agosto para uma máxima histórica de US$ 213 na semana passada, de acordo com os dados do CoinGecko.

No entanto, essa não é a primeira vez que Solana experimenta um período de inatividade por problemas técnicos. A mesma mainnet-beta caiu por cerca de seis horas em dezembro de 2020, exigindo que os validadores reiniciassem a rede para retomar a criação de novos blocos.

entry Sep 13 2021, 09:21 PM
Mercado Livre e Kaszek criam SPAC para investir em digital na América Latina

* por Aluísio Alves | Reuters
edição Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) – O Mercado Livre e o fundo de capital de risco Kaszek anunciaram nesta segunda-feira a criação de um negócio conjunto para investir em negócios digitais na América Latina.

A companhia, batizada de Meli Kaszek Pioneer, já tem um pedido de registro na Securities and Exchange Comission (SEC) para uma oferta inicial de ações (IPO) de 25 milhões de ações ordinárias Classe A a 10 dólares cada.

Em comunicado, as sócias afirmaram que a nova companhia será listada na Nasdaq sob o ticker “MEKA”. BofA Securities, Goldman Sachs, Allen & Company e JPMorgan devem coordenar a oferta.

O novo negócio é uma SPAC, ou companhia “cheque em branco”, jargão do mercado para companhias não operacionais que são listadas em bolsa com propósito específico de adquirir empresas. É um modelo que tem crescido rapidamente em Wall Street.

“A companhia pretende levantar capital através do IPO para a aquisição de uma empresa-alvo do ecossistema digital da América Latina”, afirmaram Mercado Livre e Kaszek no comunicado.

entry Sep 12 2021, 09:32 PM
Epic Games irá apelar de decisão em processo contra Apple

* por Stephen Nellis | Reuters

(Reuters) – A fabricante de jogos “Fortnite”, Epic Games, disse neste domingo em um documento judicial que planeja apelar de uma decisão em seu caso antitruste contra a Apple depois que uma juíza federal deu uma decisão mista na sexta-feira.

A juíza disse na sexta-feira que a Apple teria que afrouxar algumas regras sobre os desenvolvedores. Mas a decisão favoreceu a Apple em muitos aspectos, incluindo permitir que o fabricante do iPhone continuasse proibindo sistemas de pagamento de terceiros no aplicativo.

A Epic disse que continuaria sua luta legal.

Tanto a Apple quanto a Epic se recusaram a comentar neste domingo.

entry Sep 11 2021, 08:19 PM
Três altcoins que dispararam enquanto Ethereum e Bitcoin caíram

* por Decrypt

Como os mercados globais de criptomoedas perderam 1,5% de sua capitalização de mercado na noite passada, várias altcoins relevantes também despencaram. No entanto, o movimento do mercado não apagou os ganhos recentes de criptomoedas como Solana (SOL), Terra (LUNA) e Algorand (ALGO).

Solana subiu 27,56% desde a semana passada e seus detentores ainda desfrutam de cerca de 7% de valorização, no momento do texto, após o movimento noturno, uma vez que ela é negociada perto da casa dos US$ 190 na tarde deste sábado (11) — No mês passado, a Solana valia US$ 39.

A performance de hoje não é novidade para Solana. No mês passado, a concorrente da Ethereum não estava nem entre as dez principais criptomoedas por capitalização de mercado. No início do mês, a SOL deu uma rasteira na Dogecoin e alcançou a sétima posição no mercado. Na última terça-feira, conquistou o top 6 ao ultrapassar o valor de mercado da XRP.

Solana não é a única moeda em uma rede de contratos inteligentes que alcançou grandes picos de preço. ALGO está com uma alta de 4% hoje e cerca de 75% mais valorizada do que na semana passada, sedo negociada em torno de US$ 2,10. Em agosto, Algorand era negociada a a US$ 0,88, o que significa que o valor da moeda triplicou neste período.

No último dia 31, a Algorand anunciou que havia assinado um acordo de cooperação com a Koibanx, uma fintech de blockchain da América Latina, para desenvolverem uma infraestrutura de blockchain em El Salvador.

A altcoin Terra também resistiu bem à queda do mercado na noite passada. Ela é negociada a US$ 39 — 5% a mais em relação a sexta-feira, e aproximadamente 21% a mais do que na semana passada.

A recuperação da Terra pode estar sendo reforçada pela antecipação de atualizações na rede que eram esperadas para o quarto trimestre. José Maria Macedo, sócio-fundador da empresa de pesquisas Delphi Digital, chama esses empreendimentos de ‘Terra Autumn’.

A atualização mais notável será a implantação da rede principal Columbus-5 neste mês. O lançamento do Col-5 foi originalmente agendado para quinta-feira, mas a equipe do Terra anunciou que será adiado por cerca de três semanas .

Col-5 se integra com ao protocolo Inter Blockchain da Cosmos para permitir que Terra interaja com outros redes descentralizadas. Outras vantagens incluem troca simplificada entre stablecoins, queima e a capacidade dos stakers do LUNA de receber taxas de swap.

Enquanto isso, as duas criptomoedas líderes de mercado, bitcoin e ethereum, se desvalorizaram significativamente esta semana. O bitcoin caiu 9,3% e a Ethereum 15,2%. Respectivamente, os ativos são negociados no momento do texto a US$ 45.920 e US$ 3.335.

entry Sep 10 2021, 09:50 PM
Parceria entre Huobi e Capitual permite compra de criptomoedas com reais

* por Portal do Bitcoin

A Huobi Global e o banco digital Capitual, que também presta serviço para Binance, fecharam uma parceria que vai permitir aos clientes da exchange usar o Real na compra de criptomoedas por meio do sistema Quick Buy/Sell, segundo anúncio feito na última terça-feira (07).

Ao usarem o saldo em reais enviados por transferência bancária online na compra dos ativos digitais, o serviço Quick Buy/Sell da Huobi não cobrará taxas.

“O novo canal permitirá aos nossos clientes brasileiros depositarem Reais por meio da plataforma online de maneira instantânea, o que reduz consideravelmente o tempo de negociação”, disse Ciara Sun, vice-presidente da Houbi Global Markets, no comunicado.

Sun disse também que a Huobi considerou na parceria o largo conhecimento da Capitual no que se refere a riscos e compliance. Outro ponto, ressaltou, foi por conta do desenvolvimento do de um sistema estável e confiável para depósitos e transferência de valores e investimentos.

Segundo Gustavo Rezende, diretor de operações da Capitual, a parceria com a Huobi Global irá expandir as oportunidades para os investidores brasileiros de criptoativos.

Huobi lança campanha
O anúncio veio também com uma campanha para promover a parceria e o novo canal: até o dia 19 de setembro, os primeiros 800 usuários podem ganhar 3 unidades da stablecoin HUSD cada um se fizerem um depósito de pelo menos R$ 300 reais e realizarem uma negociação mínima de 300 BRL. Uma outra opção pode distribuir 10 HUSD para quem fizer o mesmo com os depósitos acima de R$ 1 mil.

Atualmente, a Huobi oferece a possibilidade de transações fiat-cripto em várias moedas, dentre elas euro (EUR) e rublo (RUB), e agora o real (BRL).

entry Sep 9 2021, 11:31 PM
G7 busca mais progresso em reforma de imposto corporativo global

* por Reuters

Os ministros das Finanças do G7 (Grupo dos Sete), de países ricos, disseram nesta quinta-feira que precisam fazer mais progresso nos pequenos detalhes da reforma das regras do imposto corporativo global a tempo de uma cúpula com líderes mundiais em outubro.

O britânico Rishi Sunak disse que pediu a seus colegas do G7 durante reunião virtual que façam progresso técnico contínuo nas reformas.

Mais de 130 países concordaram em elaborar novas regras sobre onde as empresas são tributadas, adotar uma alíquota mínima de imposto de 15% e reduzir impostos nacionais sobre serviços digitais em favor dos novos direitos de tributação.

Diplomatas agora estão pressionando por um acordo na próxima cúpula do G20 (Grupo dos 20), em outubro, sobre os parâmetros técnicos para a reforma.

"Eu disse que o G7 precisa se unir para desempenhar um papel de liderança e buscar um acordo efetivo em outubro", disse a repórteres o ministro japonês das Finanças, Taro Aso.

Sunak disse no Twitter que também pediu ao G7 que dê apoio a países vulneráveis ??por meio dos direitos especiais de saque do Fundo Monetário Internacional (FMI) antes das discussões entre ministros das Finanças e banqueiros centrais em outubro.

Uma fonte do G7 disse que a reunião desta quinta-feira também discutiu como lidar com o novo governo do Taliban, no Afeganistão.

"Não queremos ver uma catástrofe humanitária no Afeganistão. Não pode haver fome no Afeganistão", disse a fonte, sob condição de anonimato.

O Reino Unido detém a presidência rotativa do G7, que também inclui Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão e Estados Unidos.

entry Sep 8 2021, 08:24 PM
Voltalia inicia no Brasil construção do maior projeto solar no mundo

* por Marta Nogueira | Reuters
edição de Aluísio Alves

RIO DE JANEIRO (Reuters) – A elétrica francesa Voltalia iniciou neste mês a construção das usinas Solar Serra do Mel 1 (SSM 1) e Solar Serra do Mel 2 (SSM 2), que somam 320 megawatts, em Rio Grande do Norte, informou a companhia nesta quarta-feira em comunicado.

As usinas integram o Serra Branca, maior complexo eólico e solar no mundo, com capacidade total de 2,4 GW com parques eólicos em operação e centenas de megawatts em desenvolvimento.

A previsão é que o comissionamento ocorra no primeiro semestre de 2022. Os projetos SSM 1 e SSM 2 têm cinco contratos de venda de longo prazo, incluindo para Copel e Braskem.

Serra Branca é um cluster híbrido localizado entre os municípios de Areia Branca e Serra do Mel, região conhecida por concentrar ótimas condições eólicas e solares.

“As duas fontes de energia são complementares, uma vez que a produção eólica ocorre principalmente à noite. Com isso, pretendemos aproveitar a sinergia das fontes e compartilhamento da mesma estrutura de escoamento de energia para desenvolver projetos mais competitivos e rentáveis”, disse em nota o presidente da Voltalia no Brasil, Robert Klein.

entry Sep 7 2021, 09:04 PM
El Salvador se torna primeiro país a adotar bitcoin como moeda legal

* por Anthony Esposito & Nelson Renteria | San Salvador | Reuters

El Salvador se tornou nesta terça-feira (7) o primeiro país a adotar o bitcoin como moeda legal, embora tenha tido problemas iniciais quando o governo precisou desconectar uma carteira digital para lidar com a demanda.

A mudança significa que as empresas devem aceitar o pagamento em bitcoin junto com o dólar americano, que tem sido a moeda oficial de El Salvador desde 2001 e permanecerá com curso legal.

Ainda não está claro se as empresas serão penalizadas se não aceitarem o bitcoin.

O presidente Nayib Bukele, que pressionou pela adoção da criptomoeda, pediu ajuda aos usuários que já haviam baixado o aplicativo apoiado pelo governo, para testar se ele estava então funcionando corretamente.

"Você poderia por favor tentar se registrar e postar nos comentários se há algum erro ou se todo o processo funciona bem?", o presidente escreveu no Twitter.

Bukele disse que o uso do bitcoin ajudará os salvadorenhos a economizar US$ 400 milhões (R$ 2 bilhões) por ano em comissões para remessas, ao mesmo tempo que dará acesso a serviços financeiros para quem não tem conta bancária.

No entanto, os mais pobres podem ter dificuldade em acessar a tecnologia necessária para fazer o bitcoin funcionar em El Salvador, onde quase metade da população não tem internet e muitos mais têm acesso esporádico.

Outros dizem que a mudança pode alimentar a lavagem de dinheiro e a instabilidade financeira. Isso já turvou as perspectivas de mais de US$ 1 bilhão R$ (5,17 bilhões) em financiamento que El Salvador está buscando do FMI (Fundo Monetário Internacional).

No início da terça-feira, os salvadorenhos que tentavam baixar a carteira digital Chivo, que o governo promoveu, prometendo US$ 30 (R$ 155) em bitcoin para cada usuário, descobriram que ela não estava disponível em lojas de aplicativos populares. Em seguida, Bukele tuitou que o governo a havia desconectado temporariamente para lidar com a demanda.

Pesquisas indicam que os salvadorenhos estão preocupados com a volatilidade da criptomoeda, que pode perder centenas de dólares em valor por dia.

Antes do lançamento, El Salvador comprou 400 bitcoins no valor de cerca de US$ 20 milhões (R$ 103,5 milhões), disse Bukele, ajudando a elevar o preço da moeda para acima de US$ 52 mil (R$ 269,2 mil) pela primeira vez desde maio. Horas depois, no entanto, havia enfraquecido cerca de 4%, para US$ 50,5 mil (R$ 261,4 mil).

entry Sep 6 2021, 09:56 PM
Mais de R$ 3,5 bilhões em ethereum já foram queimados após atualização

* por Decrypt

A quantidade de Ethereum queimada pelo EIP-1559, uma atualização recentemente implementada que queima as taxas de transação que costumavam ir para os mineradores, ultrapassou 200.000 ETH (cerca de US$ 675 milhões no preço da época da queima).

Um total de 204.281,8 ETH foi queimado, no valor de US$ 682 milhões, de acordo com a ethburned.info.

Pelas taxas atuais, cerca de US$ 1,2 milhão em ETH, ou 300 ETH, são queimados a cada hora. Até agora, 4.877 ETH foram queimados. No sábado (4), a rede queimou 10.675 ETH e na sexta-feira (3) queimou 13.839 ETH.

EIP-1559 foi introduzido no início de agosto como uma forma de acelerar a atualização para Ethereum 2.0, a versão de próxima geração do Ethereum que faz a transição do blockchain de prova de trabalho, uma forma computacionalmente intensiva de verificar transações, para prova de aposta , um algoritmo ecológico que usa muito menos energia.

Para fazer isso, o EIP-1559 destrói o ETH de circulação em vez de pagá-lo aos mineradores que validam as transações por meio de cálculos de prova de trabalho. A mudança para o EIP-1559 não foi popular entre os mineradores que gastaram dinheiro em placas gráficas que são adeptas da mineração de Ethereum.

Caminho do Ethereum 2.0
Ethereum irá “fundir-se” com a versão prova de aposta de seu blockchain no final deste ano ou no início de 2022. No entanto, levará alguns anos antes que o Ethereum 2.0 tenha a mesma funcionalidade de contratos inteligentes que Ethereum 1.0.

Um efeito colateral previsto do EIP-1559 era que as taxas seriam reduzidas, ou pelo menos se tornariam mais previsíveis. No entanto, as taxas do Ethereum ainda estão muito altas — e estão ficando mais altas devido ao contínuo ressurgimento de projetos NFT.

No momento em que este texto foi escrito, uma única troca no Uniswap custava US$ 76,31 e uma transferência ERC-20 custava US$ 24,8. O maior consumidor de gás é o mercado NFT OpenSea, que usou 11,65% de todo o gás na rede Ethereum nas últimas 3 horas e 15% no dia anterior.

546 Páginas V < 1 2 3 4 > »   
DSTQQSS
5
26
27
28
29
30